Podemos considerar que todo o alimento saudável é aquele que vem da natureza, e estão disponíveis nos mercados. Quando se fala em alimentação saudável, fala-se em legumes, vegetais, frutas, frutos secos, ovos, peixe, leguminosas, cogumelos, etc, etc. Assim é congruente dizer que esses alimentos que são obtidos na natureza podem ser consumidos pelo homem de acordo com uma alimentação saudável, equilibrada e diversificada

Se tivermos um olhar atento sobre a fruta verificamos que as frutas têm muitas cores diferentes, que as frutas não existem todas todo o ano, que as frutas têm tamanhos diferentes, que existem frutas com caroço e outras sem caroços, que existem frutas especificas de zonas especificas do mundo, etc, etc. E tudo isso tem uma razão de ser: Devemos comer as frutas da nossa região e da época do ano em que estamos!

Em relação às cores das frutas, temos frutas verdes (kiwi), amarelas ou cor de laranja (diospiros), vermelhas (morangos), brancas (banana) e roxas ou azuis (mirtilos).

As frutas verdes são ricas em cálcio e vitaminas antioxidantes como a A, C e E, que protegem os tecidos e as células do organismo evitando, por exemplo, o envelhecimento precoce, cegueira e queda de cabelo.

As frutas amarelas são ricas em betacaroteno (tipo de vitamina A), que favorecem as defesas do organismo; os citrinos, tipicamente amarelos e cor-de-laranja, são grandes fornecedores de vitamina C, fundamentais para: estimular as defesas do organismo, melhorar o aproveitamento de ferro de outros alimentos, promover o crescimento celular, cicatrizar as feridas e melhorar a saúde da pele.

As frutas vermelhas são super antioxidantes, possuem polifenóis e têm um pigmento natural, chamado licopeno, que lhes confere a cor vermelha e têm particular importância na prevenção do cancro e estimulação da circulação sanguínea.

As frutas brancas são ricas em antioxidantes, potássio e cálcio que estimulam as defesas do organismo. Contêm Alcina, uma substância com grande poder contra infeções, contribuem na formação e manutenção dos ossos e ajudam na regulação dos batimentos cardíacos. Estas frutas são fundamentais para o bom funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.

As frutas roxas são muito ricas em antioxidantes, são bons fornecedores de alguns minerais como o magnésio e o ferro. Contêm compostos químicos capazes de impedir a formação de coágulos sanguíneos e são anticancerígenos.

É de salientar que toda a fruta é saudável e é imperativo desmistificar que há frutas que engordam ou que há frutas proibidas. É importante entender que a fruta como qualquer alimento tem o seu valor calórico e que há frutas mais calóricas do que outras quando se compara as frutas por 100g. Por isso a mensagem a reter é que a quantidade de qualquer alimento, mesmo sendo a fruta, é que realmente deve ser tida em consideração.

Alguns exemplos: 100g de morangos são 30kcal. 100g de meloa são 23kcal. 100g de melão são 30kcal. 100g de figos são 78kcal. 100g de nêsperas são 58kcal. 100g de cerejas são 30kcal. 100g de ameixas 36kcal. 100g de kiwi 53kcal.

E o chocolate negro que faz bem á saúde mental? Por 100g de chocolate negro temos 500kcal. Já pesou a quantidade de chocolate negro que come por dia, por semana e por mês?

Noélia Arruda, nutricionista do FIT IT

https://fitit.pt/a-fruta-e-toda-saudavel/

Partilhar