Estratégias Nutricionais para prevenção de Lesões Musculares e Articulares

A actividade física de elevada intensidade provoca o aumento de radicais livres (substancia agressivas ao organismo) e depleção das reservas de glicogénio muscular e hepático. Assim a alimentação deve ter como foco os antioxidantes, um bom aporte de proteínas (carne, peixe, ovos, leguminosas), hidratos de carbono (esparguete, batata doce, quinoa) e gordura, em especial omega-3 (salmão, azeite, frutos secos), bem como de vitaminas e minerais. Os flavonoides existentes, por exemplo, na fruta – uvas, no chá verde, mirtilos estão relacionados com o efeito antioxidante no organismo. Contudo, em termos de suplementação, o uso de glucosamina e condroitina pode ser tida em consideração. Nas consultas de Nutrição, a avaliação da composição corporal e a adequação da alimentação e suplementação é sempre determinante, caso a caso.

Deixe uma resposta