O Sono é tão importante como a Alimentação Saudável! Uma noite mal dormida põe em causa o aporte alimentar ao longo do dia. O sono é essencial á sobrevivência, pois ocorrem funções no organismo durante este período que não ocorrem noutra altura. Em termos de sono há 3 tipos de indivíduos – curtos dormidores que em 4 a 5 horas fazem 5- 6 ciclos de sono; os médio dormidores – dormem 6 a 8 horas; e os longo dormidores que precisam de 8 a 10 horas para fazer os ciclos de sono. Se dormirmos mal, vai haver um aumento do cortisol que é uma hormona que por sua vez aumentada vai elevar os níveis de outra hormona o neuropéptido Y, e isso leva a uma maior necessidade de doces ao longo do dia e um aumento no apetite. É importante fazer uma curva de cortisol ás 8h, ás 16h e ás 23h a fim de despistar se a médio/longo prazo pode desenvolver uma insuficiência da actividade da supra-renal. Os sintomas são ao longo do dia um cansaço crónico. Quando há privação de sono há uma serie de consequências: resistência á insulina; aumento de grelina; redução da leptina; redução dos gastros energéticos; sinalização de compulsão do hábito alimentar. Estudos referem que uma má higiene de sono leva a uma maior tendência a hiperglicémia e fadiga, além do que esta relação é mais evidente em mulheres. Quando chega o fim do dia em casa deve criar ambiente nocturno com luzes apropriadas e que ajudam na produção de melatonina, para regular o sono. Assim dormir bem e um aporte alimentar adequado estão de mãos dadas!

Partilhar

Deixe uma resposta